#PoesiaImersa: Corpo-meta-fora

Corpo metáfora. 
Aforismo da alma.
Figura de linguagem viva.
Dizia o indizível.
Indivizível corpo.
Desenhado.
Tatuado.
Imensidão do infinito.
Falava por si só.
Gritava.
E morria no desejo do próximo risco.
Um rabisco metaforizado.
Posted In

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s